Estreia na próxima quinta-feira a seguir ao Jornal da Noite o programa “Aqui e agora”. Embora mantenha o nome e continue a ser conduzido pelo jornalista Rodrigo Guedes de Carvalho, o programa é distinto da versão anterior.

A primeira emissão é subordinada ao tema “A televisão e a política”. Pretende-se debater as candidaturas mediáticas que têm surgido para as próximas eleições autárquicas e “o que é preciso ser neste país para se ter uma carreira mediática”. Dos quatro convidados estão confirmadas as presenças de Francisco Moita Flores, presidente da Câmara de Santarém, o jornalista Hernâni Carvalho, candidato à Câmara de Odivelas, dois casos em que primeiro veio o reconhecimento mediático e só depois a actividade política, e Joana Amaral Dias, que ganhou notoriedade com a chegada ao Bloco de Esquerda.

Além dos membros da assistência, a opinião do público de casa também será tida em conta, mas com a mediação de jornalistas. Aproveitando as funcionalidades da multiplataforma SIC, os espectadores serão convidados a pronunciar-se.

Durante cada edição, também podem ser enviados e-mails para o debate. A equipa do “Aqui e agora” seleccionará alguns que serão encaminhados para o jornalista, que por sua vez decidirá quantos e quais irá aproveitar para o programa para, por exemplo, “interpelar os intervenientes.

FONTE: Jornal de Notícias

A RTP2 estreia amanhã, pelas 23.28 horas, um novo programa de entrevistas intitulado de “Bairro Alto”. Conduzido por José Fialho Gouveia, é anunciado com um espaço de tertúlia e boémia dedicado essencialmente à cultura contemporânea.

A primeira entrevistada é a realizadora Raquel Freire.

“Bairro Alto” propõe-se promover a conversa com figuras que têm algo a dizer sobre si e o que fazem. José Fialho Gouveia entrevista artistas, ensaístas, cientistas, gente da moda, ou seja, protagonista da actualidade. Pretende-se que tenha um tom próximo e informal.

FONTE: Jornal de Notícias