Os vencedores dos Prémios de Ciberjornalismo, deste ano são os seguintes:

  • Jornal de Notícias – ” A morte lenta do gelo eterno”, do Jn online, foi eleita a melhor reportagem multimédia. O trabalho é assinado por Alfredo Leite, Miguel Conde Coutinho e Luis Pedro Carvalho.
  • SolInfografia Digital, com uma trabalho sobre o assalto à dependência do Banco Espírito Santo de Campolide e consequente intervenção policial. A infografia é da autoria de Joana Martins, da equipa de infografia do SOL.
  • Portugal DiárioVídeojornalismo, com uma peça sobre a desertificação do interior.
  • Público Excelência Geral em Ciberjornalismo, pelo site no seu todo e “Breaking News”, assalto ao BES.
  • Jornalismo Porto Net – Ciberjornalismo Académico, um trabalho sobre prostituição no Porto.
Anúncios

A votação está aberta até ao dia 4 de Dezembro, para os primeiros prémios nacionais de ciberjornalismo.

Os vencedores serão conhecidos no I Congresso Internacional de Ciberjornalismo, que decorre nos dias 11 e 12 de Dezembro no Porto.

A votação pode ser feita aqui.