O novo jornal da construtora Lena vai estar nas bancas amanhã, dia 7 de Maio de 2009.O jornal terá o preço de capa de um euro entre segundas e quinta-feiras e uma tiragem de 80 mil exemplares, posteriormente adaptadas à adesão dos leitores, explicou à Lusa o director do título, Martim Avillez Figueiredo.

“De segunda a quinta-feira o ‘i’ custa um euro e às sextas e sábados 1,40 euros”, disse. Segundo o responsável, a tiragem manter-se-á nos 80 mil exemplares nos primeiros três dias. A adesão dos leitores ditará um novo número.

Dirigido às classes alta e média-alta, o diário divide-se em quatro secções: Opinião, Radar, Zoom e Mais, onde está incluído o desporto.

O jornal representou um investimento global de 10,4 milhões de euros.

Para continuar a ler a notícia carregue aqui.

FONTE: Destak

“A ditadura dos media”

Janeiro 21, 2009

O colégio do Grémio de Instrução Liberal de Campo de Ourique (GILCO), em Lisboa, vai levar a cabo amanhã pelas 21h 30, uma Conferência intitulada ” A ditadura dos media”. Esta Conferência é promovida pelo Grémio e pela edição portuguesa do jornal “Le Monde Diplomatique”.

A inicitiva marca o regresso do ciclo “Conferências das Quintas” , e terá como orador principal o jornalista Mário Bettencourt Resendes.

FONTE: O Sítio do Sindicato dos Jornalistas

O Clube de Jornalistas, desta semana terá como tema ” Qual a função dos comentadores nos media”. Para o debater, estarão em estúdio, José-Manuel Nobre-Correia, professor na Université Libre de Bruxelles, Marcelo Rebelo de Sousa, comentador da RTP1, e Vicente Jorge Silva, jornalista e a Moderação de João Alferes Gonçalves.

Não perca, amanhã às às 23 e 30h na RTP2.

FONTE: Clube de Jornalistas

tv1

Título: “A TV do Real – A Televisão e o Espaço Público”

Autora: Felisbela Lopes

A Antena 3 vai transmitir um programa radiofónico especial na noite de fim-de-ano, entre as 23 horas e a uma da manhã, que contará com a animação de Fernando Alvim e Cátia Simão.

Ao longo de duas horas de emissão, o programa vai contar com a presença da fadista Raquel Tavares, os Peltzer e ainda Francisca Cortesão. Será eleito o personagem do ano, o “Chato” do programa “Os Contemporâneos” e irão ser transmitidas as melhores edições da rubrica “Rosa Mota”, protagonizada por João Moreira e Pedro Santo, “Portugalex”, com António Machado e Manuel Marques, entre outras, bem como os sons que marcaram 2008, estando incluídos os áudios de José Sócrates e Chalana.

Este especial fim-de-ano será repetido no dia um de Janeiro, numa versão compactada, emitida entre as 19 e as 20 horas na “Prova Oral” da Antena 3.

FONTE: Jornal de Notícias

 

 Maria João Silveirinha e Cristina Ponte (org.) (2006). Moeda e comunicação. A representação mediática do €uro. Lisboa: Livros Horizonte e CIMJ, 223 páginas

Nos dias 22 e 23 de Janeiro de 2009 vai decorrer na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, a ” Conferência Internacional: Media & Desporto”.

Esta conferência é aberta ao público e contará com a presença de alguns dos mais importantes especialistas nesta área.

Caso deseje assistir à Conferência, deverá enviar um e-mail para: media-and-sports-cecc@lisboa.ucp.pt, de modo a que lhe possam enviar a ficha de inscrição para o evento.

As inscrições decorrem até ao dia 10 de Janeiro de 2009.

O valor a pagar é o seguinte:

  • Comunicadores (inclui almoço) – 30euros
  • Estudante (inclui almoço) – 15 euros
  • Estudante da UCP ou da Faculdade de Letras (não inclui almoço) – gratuito
  • Outros (inclui almoço) – 20 euros

NOTA: O preço diz respeito aos dois dias de conferência.

Para mais informações carregue aqui.

FONTE: http://mediaedesporto.blogspot.com

“Portugal visto por nós”

Dezembro 24, 2008

images5

“Portugal visto por nós” é o novo projecto educativo da SIC dirigido aos alunos do 3.º ciclo e do secundário, desafiando-os a produzir, num minuto e meio, histórias sobre a sua terra, família, escola ou país, em formato vídeo.

Os critérios de selecção dos trabalhos passam pela “criatividade” e “reflexão que possam provocar” sendo os melhores premiados com a transmissão numa das plataformas da SIC e equipamentos de vídeo. Os grupos devem ser compostos por três a seis elementos e fazer-se acompanhar por um professor.

Através do seu site, a estação de Carnaxide esclarece dúvidas do ponto de vista técnico, relacionadas com a construção jornalística das imagens e fornece toda a informação para os alunos se candidatarem.

As inscrições estão abertas até ao dia nove de Janeiro e a entrega dos trabalhos deverá ser feita até 15 de Abril.

FONTE: Jornal de Notícias

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) defendeu hoje a liberdade de programação a propósito do sketch «Louvado sejas ó Magalhães» dos Gato Fedorento, que originou 122 queixas ao organismo por parte de telespectadores.

O conselho considera que o sketch em causa «consiste numa sátira humorística, cuja compreensão ocorre num enquadramento lúdico, pressupondo uma interpretação simbólica e não literal da mensagem, sendo que a crítica nela contida se dirige ao Governo e não a qualquer instituição da Igreja».

Para a ERC, num Estado de Direito democrático, «a religião não é um campo vedado à sátira humorística, sem prejuízo de a evocação de elementos religiosos feita naquele sketch poder perturbar ou até chocar algumas pessoas».

O conselho regulador da ERC afirma não lhe competir pronunciar-se sobre o «bom ou mau gosto dos programas», pelo que decidiu não dar provimento às participações, já que não se verifica «a existência de qualquer referência susceptível de extravasar os limites à liberdade de programação, nem tendo sido ultrapassados os limites da liberdade de expressão e de criação artística».

FONTE: Diário Digital

Veja aqui o sketch “Louvado sejas ó Magalhães”:

O Porto Canal vai exibir hoje às 22horas, no programa de grande reportagem PSI (Porto sob Investigação), o documentário “O meu Coração ficou no Porto”, inédito na televisão portuguesa, da autoria de Jorge Campos, sobre a visita do general Humberto Delgado à Invicta na campanha eleitoral de 1958.

A segunda hora do programa de debate semanal dos temas quentes da actualidade, será conduzida em estúdio pela jornalista Ana Guedes Rodrigues e terá lugar em estúdio.

Entre os vários convidados, destaque-se a presença do neto do general Humberto Delgado, o autor do documentário, e do politólogo e especialista Jorge Fernandes Alves, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

FONTE: Jornal de Notícias